Esse negócio de “eu só me arrependo do que eu não fiz” nunca me emocionou. Arrependa-se de algumas coisas que você fez também. É bonito saber que nem todas as suas decisões foram acertadas. É lindo saber que no meio de tudo o que você julgava perfeito ainda cabia uma parcela considerável de erro. O que você não fez, faça e erre. O que você fez errado, refaça e tente acertar dessa vez. Mas não me venha mais com esse heroísmo de só se arrepender do que não fez: isso é covardia velada.
Eu me chamo Antônio.    (via velejo)

(Source: tu-me-cativas)

Você ta dormindo, dai sonha que ta caindo e se acorda com um salto mortal triplo carpado.

(Source: amor-preguica-tedio)

Quando te disserem que você não tem nada pra dar certo, lembre-se, até a mais alta torre começa do chão!
Fernando Pessoa. (via velejo)

(Source: classificar)

Eu, e aquela mania de dizer “tchau” e ficar esperando por um “fica”.
Fernanda.  (via s-obrenos)

(Source: inverbos)

Não nego nada do que fiz, também não tenho arrependimentos ou mágoas: eu não poderia ter agido de outra maneira.
Caio Fernando de Abreu.  (via velejo)

(Source: sou-inseguro)

(Source: princessporra)


frase bem daora rsrsrs